Perda de uma criança

Queria pedir a V. Exa. uma orientação sobre o seguinte caso: Tenho uma irmã que sofreu o desgosto da perda de sua filhinha de 4 anos de idade, e nunca mais tornou a ter aquela alegria nem conformação.

A criança encontrou a morte à porta de casa, atropelada por uma carro. Era uma criança muito viva e esperta, deixando muitas saudades a todos que a conheciam. Minha irmã sofre um desgosto horrível pela sua perda, andando completamente vestida de negro. Apesar de crente, tem receio, ao mesmo tempo, de que não haja céu e que nada mais resta da filhinha do que o seu corpinho debaixo da terra.

Sabendo que V. Exa. me saberá dar pormenores a este respeito, muito agradecia que me pudesse informar o estado da menina. Rogo, pois, a V. Exa. que me diga onde ela se encontra e se está sofrendo por sua mãe andar sempre a chorar e carregada de luto.

Procurem esclarecer-se

A perda de um filho é sempre motivo para doloroso sofrimento e redobra quando num caso como o relatado em sua carta.

Custará muito apagar da lembrança o quadro presenciado pelos pais de A..., mas com todo o respeito que nos merecem aqueles que sofrem, pedimos-lhes que leiam o livro Racionalismo Cristão e se demorem no capítulo "Encarnação do Espírito", por tratar da encarnação do espírito, sua passagem por este mundo e sua volta àquele de onde veio para encarnar.

Esse espírito está liberto de sofrimentos e voltará a encarnar para prosseguir na sua jornada terrena. É preciso despir o luto, por só atrair tristeza e com isto, de algum modo, será prejudicado o espírito daquela que foi A... . Serão irradiações de fraqueza dadas a ele, visto não haver distância para os pensamentos, e pelo espírito vivermos todos religados quando nos mantemos em concentração irradiativa, quando pensamos em "A" ou "B".

Conforte os pais de A... e diga-lhes que procurem esclarecer-se, lendo obras o Redentor. Elas não têm finalidade comercial e sim esclarecedora.

Se os pais da desencarnada fossem esclarecidos, não poderiam fugir à dor cruciante, mas já saberiam reagir ao sofrimento e não viveriam concentrados naquilo que não tem mais remédio.

Estamos na Terra para lutar e vencer e a depuração processa-se justamente através do trabalho e dos encargos de família. A fraqueza atrai fraqueza, nada constrói, portanto, é conformar-se, irradiarem, naturalmente por A..., quando fizerem as irradiações no lar, como ensina o folheto Limpeza Psíquica.

Certos estamos de que o Sr. F... dará atenção a esta carta, vendo nestas palavras a solidariedade de um espírito amigo, mas que não foge à verdade, e como Cristo afirmou que só a verdade faz o homem livre, nós o desejamos esclarecido e liberto de sofrimentos quem ainda tem muito que viver e fazer neste mundo.

De "Perda de uma criança" para a página desta seção

Copyright©2005 racionalismo-cristao.org.br. All Rights Reserved