Espírito em missão especial

Nós sabemos que a partícula da Inteligência Universal inicia sua evolução desde o reino mineral, vegetal, animal e hominal. Quando encarna em corpo humano, passa a ser chamado de espírito até alcançar a 17ª classe. Neste nível, sabemos que não há mais necessidade de encarnar, portanto, pergunto se estou certo em entender o seguinte:

Um espírito nesta classe decide encarnar em missão especial, contribuir de alguma forma para ajudar a humanidade. Mas devido às injunções do planeta Terra ele fracassa em seu mister. Acredito que ele poderá encarnar novamente ou completar a sua evolução trabalhando astralmente mas, na mesma classe evolutiva.

Gostaria muito de saber se estou certo em assim entender este assunto.


A sua colocação está perfeitamente de acordo com os ensinamentos racionalistas cristãos. Não é raro uma Força Superior de classe acima da décima sétima encarnar para ajudar a humanidade e ver sua obra apenas parcialmente compreendida pela humanidade. Como essa vinda ao nosso mundo-escola (ou a qualquer outro mundo de iguais condições espirituais) foi uma decisão própria desse espírito, baseada em seu livre-arbítrio, também lhe é facultado voltar a encarnar ou permanecer desenvolvendo seu trabalho em nível astral superior, alcançando cada vez mais evolução passando, assim, a classes mais altas.

De "Missão especial" para a página desta seção

Copyright©2005 racionalismo-cristao.org.br. All Rights Reserved