Tenho problemas 
com minha mulher

Ao Centro Redentor

Sou marítimo há doze anos e sempre que estou de férias em casa tenho problemas com minha mulher devido a hábitos que cultivo e que ela detesta: o uso do fumo e do álcool, apesar de não me achar um viciado; mas sinto que me prejudicam em todos os sentidos. Também sinto que não sou capaz de me orientar ou resolver problemas de nossa vida futura. Assim, tenho procurado uma forma de abandonar tanto o álcool como o tabaco. Mas falta-me força de vontade.

Neste ano, em abril e maio, quando me encontrava em casa, minha mulher aconselhava-me freqüentar o Centro Redentor em ..., mas sempre lhe dizia que esperasse; até que embarquei e nunca lá fui. O essencial é que quando estou só digo para comigo: "minha mulher tem carradas de razões. Mas, por que não sigo seus conselhos?" Imenso prazer teria em trilhar o caminho da minha mulher, porque ela sempre procura o caminho do bem em nosso lar.

Com os meus cumprimentos.


A vontade, quando exercitada para o bem, tem poder imenso

Prezado Senhor,

Lemos, atentamente, a sua carta de ...

Sua esposa demonstra querer-lhe muito bem, quando o aconselha a abandonar os vícios e as fraquezas a que se entrega. Com essa atitude, ela está prestando um auxílio espiritual de grande relevância.

Não é para ser viciado que o espírito vem a este mundo-escola e cadinho depurador, que é a Terra. Vem para engrandecer-se na luta honrada pela vida, tornando-se, quando homem, esposo, pai e cidadão exemplar, e, quando mulher, mãe atenciosa e dedicada, esposa digna e criatura valorosa. Vem para adquirir cada vez mais nítida consciência do que é como espírito e matéria, e do significado das encarnações, que têm por base, por fundamento, a necessidade de evoluir, para ascender a planos mais altos da vida espiritual.

Os vícios corrompem, a um só tempo, o corpo e o espírito. E o de fumar constitui-se, na opinião da maioria dos cientistas que estudam os maléficos efeitos que exerce sobre todo o organismo, um dos maiores flagelos do século, produzindo males incuráveis.

O homem que tem a felicidade de conhecer a nossa Doutrina, que lhe ensina que ele está na Terra de passagem, sabe que não deve comprometer o seu futuro espiritual com os falsos prazeres que ela oferece, justamente para perdê-lo; não tolera mais vícios, inclusive os de beber e de fumar, e não se entrega a fraquezas. A vontade, quando exercitada para o bem, tem poder imenso. É só usá-la conscientemente, para repelir as tentações, que são muitas, do astral inferior.

Sua esposa, pelo papel que vem representando em sua vida, é digna de admiração e respeito. Siga os seus conselhos e exemplos, e será feliz.

Muitas pessoas que nos escrevem dizem: "fui um viciado no álcool e no fumo. Quando recebi a primeira carta do Centro Redentor, demonstrando-me o mal que os vícios acarretam para o nosso futuro espiritual, decidi abandoná-los, imediatamente, e hoje me sinto muito feliz por tê-lo feito".

Firme-se nos ensinamentos do Racionalismo Cristão. Leia as obras Cartas doutrinárias, Racionalismo Cristão, A felicidade existe, Cartas oportunas sobre espiritismo, A vida fora da matéria. Esclareça-se, pois é justamente o esclarecimento que lhe vai abrir os olhos para a realidade da vida.

Leia o folheto Limpeza Psíquica e faça-a mesmo estando só. Neste caso, irradie mentalmente.

Fraternais saudações,

Pelo Centro Redentor.

De "Minha mulher" para a página "Família"

De "Minha mulher" para a página "Perguntas-Respostas"

Copyright©2005 racionalismo-cristao.org.br. All Rights Reserved