Vejo formas astrais e
fico muito assustado

É com imenso prazer que escrevo esta carta, porque é sempre bom a gente estar em contato com pessoas da Doutrina.

Tenho quinze anos de idade e não sou muito desenvolvido no tamanho, em vista dos meus irmãos e colegas. Estou cursando o primeiro colegial e pretendo ser engenheiro agrônomo.

De uns tempos para cá, ando vendo formas astrais e com isso fico muito assustado. A minha família é composta de seis pessoas, que são meu pai, minha mãe, dois irmãos e uma irmã, e eu, o caçula. Todos conhecem o Racionalismo Cristão. Vamos uma vez por ano em ..., só para assistir, durante uma semana, às Sessões Públicas de Limpeza Psíquica de segunda, quarta e sexta-feira, do Centro Redentor Filial de ...

Meu pai e minha mãe conhecem há bastante tempo a Doutrina, e por isso nos orientam em todos os sentidos.

Antes de começar a ver essas formas astrais, eu tinha medo do escuro e até hoje ainda sinto. À noite, eu não fico sozinho em casa e nem saio no quintal. Não entro nos quartos a não ser que seja extremamente necessário. Não gosto de dormir sozinho e qualquer coisa me assusta.

Minha irmã, que é professora, também vê formas astrais e isso acontece sempre na mesma época, no início das aulas. Mas sabemos que é inveja das outras professoras, que freqüentam o baixo espiritismo.

Acontece que eu só vejo essas formas astrais quando olho coisas que emitem claridade, como lâmpadas, o Sol, faróis de carro, televisão; por isso acho que seja problema de vista.

Nós aqui em casa estamos com vontade de ir para o território de ..., mas temos dúvidas; em outras horas temos vontade de voltar para ..., onde se vive melhor e porque tem o Filial do Centro Redentor. Que solução o senhor acha que devemos tomar? Aqui em ..., materialmente corre tudo bem: meu pai é militar da ..., minha mãe e minha irmã são professoras, um dos irmãos trabalha no ..., e eu e o outro irmão só estudamos.

Espiritualmente não está indo muito bem por várias razões: em primeiro lugar, somos invejados por sermos negros e possuirmos bens materiais; em segundo lugar, por minha mãe ser professora, coordenadora do ensino municipal e presidente da ...; em terceiro lugar, por meu pai e meu irmão estarem bem colocados na vida. Mas a principal razão é a nossa maneira de agir.

Aqui o povo é muito materialista e, por isso, se choca quando vê as boas oportunidades que aparecem para a nossa família e nós não ligarmos para as coisas materiais. Esta cidade é o maior foco do baixo espiritismo e por isso o povoé muito mau. A única coisa que ainda nos deixa felizes são as obras do Centro Redentor, que tanto nos ajudam.

Eu gostaria de saber se vejo coisas por início de mediunidade ou por ter problemas de visão.

Termino desejando felicidades para todos desse Centro Redentor e agradeço a atenção pelo tempo tão precioso que roubei.

Atenciosamente,


É preciso combater o medo.

Prezado ...,

Lemos, com a atenção devida, sua carta de ...
Como está bem escrita, para um rapaz da sua idade! Que primor de redação! E que maturidade revela em tudo que transmite.

Parabéns. Prossiga assim, e podemos garantir-lhe que será um homem com "h maiúsculo", principalmente se continuar a orientar a sua vida, como vem fazendo, pelos ensinamentos do Racionalismo Cristão. Seus queridos pais devem orgulhar-se de você. E com razão. Um filho tão novo a revelar uma idade espiritual avançada é mesmo de se admirar e querer na família.

Há uma coisa, porém, que você precisa corrigir com energia: o medo. Medo por que e de quê?

Devemos temer, querido ..., os homens maus, não os espíritos. Estes, enquanto se conservam na atmosfera da Terra, como obsessores, somente são atraídos se pensarmos mal, se os nossos pensamentos se casarem com os deles. Pensemos bem, como ensina o Racionalismo Cristão, não nos liguemos com o pensamento a quem nos deseja mal, e a nossa assistência espiritual será sempre boa.

Só os obsessores intuem o medo. Irradie mentalmente com toda a convicção, com toda a confiança às Forças Superiores, e afirme a si mesmo: não mais terei medo de coisa alguma. Os atributos negativos do espírito devem ser combatidos conscientemente, e não alimentados. Enquanto você não conseguir polir essa faceta deformadora não terá dado um passo mais decisivo no caminho da evolução. Nada, pois, de temores; reaja contra isso e sentirá uma grande felicidade ao constatar que venceu uma batalha na luta que trava para despojar-se das inferioridades que ainda possui.

A mediunidade vidente, você teve em menino. Não são, ao que tudo indica, formas astrais o que vê, mas efeitos da luz sobre a retina.

Quando há mediunidade vidente, esta faculdade tende a desaparecer com o esclarecimento, por não ser mais necessária.

Observe-se que os hospícios estão cheios de médiuns videntes não esclarecidos. O livro A vida fora da matéria trata muito bem desse assunto.

O povo continuará materialista e fetichista enquanto permanecer na ignorância de si mesmo e da vida espiritual. A maioria vive escravizada a falsidades, e só o esclarecimento poderá romper os grilhões dessa escravatura.

Quanto à cor da epiderme, querido ..., devemos aconselhá-lo a sentir-se orgulhoso de si mesmo, como é. O que importa é o espírito. E quando este é límpido, cristalino, que felicidade!

Com as nossas irradiações amigas para o seu honrado lar, receba um afetuoso abraço.

Fraternais saudações,

Pelo Centro Redentor. 

De "formas astrais" para a página desta seção

Copyright©2005 racionalismo-cristao.org.br. All Rights Reserved