Espírito não tem sexo

Como entender aqueles que resolvem mudar de sexo na presente encarnação?

O espírito não tem sexo. Ele encarna em situações diferentes, ou seja, sexos diferentes, países diferentes, raças diferentes, condições sociais diferentes etc., pois deve aprender todas as lições que o planeta Terra oferece.

Assim, em cada situação encarnatória, tem condições de desenvolver atributos espirituais necessários para sua evolução.

Compreendemos, portanto, que, quando o espírito encarna com determinado sexo, está se dispondo a desenvolver características relativas à escolha feita.

Se ele resolve, depois de encarnado, que deve assumir outro sexo, estará contrariando a programação que ele mesmo fez em plano astral.

Pode-se, portanto, dizer que a própria pessoa está se desviando dos propósitos que assumiu. Lembramos que esse compromisso foi assumido pelo próprio espírito e este considerou sua decisão importante para cumprir seu aprendizado neste planeta-escola.

Podemos levar em consideração que a mídia em geral dá muito destaque a manifestações homossexuais, induzindo, talvez, pessoas a se desviarem de seu propósito encarnatório.

Esses espíritos voltarão em próxima encarnação mais determinados a realizar seu aprendizado. Encarnarão, portanto, outras vezes, em corpo de sexo masculino ou feminino, de acordo com suas necessidades de desenvolvimento espiritual.

Como podemos deduzir, a opção para mudar de sexo, feita enquanto encarnado, contraria determinação anterior cuja responsabilidade foi assumida em plano astral.

Por isso, o Racionalismo Cristão ensina-nos a encarar com seriedade os estudos espirituais, pois saberemos dar valor às necessidades espirituais que nos levaram a encarnar.

De "Espírito não tem sexo" para a página desta seção

Copyright©2005 racionalismo-cristao.org.br. All Rights Reserved