Cuidemos devidamente das crianças.

Luiz de Mattos

O estudo da Psicologia é interessante e deve ser cuidadosamente feito, para bem se conhecer a humanidade.

Hoje cogita-se de educar a criança por meio de estudos psicológicos feitos de modo a revelar suas inclinações, seu estado de espírito, suas fraquezas e suas fortalezas.

O pai que estuda psicologicamente o seu filho desde pequenino e que passa a educá-lo de acordo com esse estudo obtém aquilo que outros pais não conseguem de seus filhos.

Estudando-se psicologicamente a criança conhece-se o que se passa no seu espírito. É comum encontrar-se em uma criança inclinações de adultos, observações, respostas e perguntas próprias de criaturas adultas. Isso, dentro do que ensina o Racionalismo Cristão, revela que o espírito traz consigo o saber, a compreensão e o raciocínio de sua última encarnação, bem recente.

Estudando-se psicologicamente a criança, começa-se a descobrir aquilo que lhe vai na alma, os seus receios, a sua fraqueza espiritual, a sua rebeldia ou a sua docilidade. Os pais inteligentes começam a servir-se daquilo que vão observando no espírito do seu filho, para corrigi-lo, para formar bem o seu caráter e prepará-lo para os dias de amanhã, que talvez sejam ainda mais tumultuosos do que os de hoje.

Não podem o pai e a mãe saber do futuro do seu filho, se será mais fácil ou difícil do que o presente. Assim sendo, é preciso preparar os espíritos estudando-lhes as inclinações, fortificando-os e corrigindo-os para que amanhã sejam valorosos e empreendedores.

É desde criança que se começa a combater o receio e o medo que o espírito demonstre. Educa-se a sua vontade e forma-se o caráter impedindo que minta.

Os espíritos de hoje não admitem mais aquela severidade de ontem. Os espíritos de hoje têm a compreensão, têm o raciocínio mais desenvolvido. Reparai bem na criança de hoje!

Como sabeis, o mundo passa por uma grande transformação e todos sofrem a influência dessa transformação. A criança mais do que ninguém. É por isso mesmo que deveis cuidar com carinho e inteligência da criança, que encontrará dupla dificuldade, talvez um caminho mais vasto em inteligência, em descortino, progresso, atividade, mas talvez mais difícil, psicologicamente falando.

É preciso preparar o espírito dos homens e das mulheres de amanhã!

Ensinai vossos filhos a serem homens valorosos, intrépidos e destemidos, a terem caráter, para que amanhã, ao partirdes deste mundo, possais levar convosco a consciência de bem haverdes cumprido os vossos deveres para com os filhos, que vos bendirão eternamente.

O espírito ao encarnar traz consigo qualidades que, bem aproveitadas, de muito lhe servirão para a jornada neste mundo. Possui ele inteligência que, desenvolvida, verificará a vastidão do campo em que exercerá a sua ação espiritual, lhe dará cultura, compreensão, discernimento e raciocínio, ficando apto a enfrentar as dificuldades da vida, a vencer os obstáculos.

Não admitimos fracassos nos espíritos que desenvolvem ou possuem essas qualidades!

Um espírito que possui vontade e cultiva a inteligência tem por obrigação conseguir êxito em todos os empreendimentos.

A vida na Terra é árdua, bem o sabemos, tem os seus altos e baixos, tem dificuldades a vencer, há sérias decepções e desilusões, mas para tudo o espírito deve estar preparado.

Ingratidões, desilusões e decepções existirão sempre, enquanto a humanidade for defeituosa, egoísta e má. O ser inteligente, porém, sabe o que vai encontrar na humanidade, não se ilude e espera dela somente aquilo que lhe pode dar, desprezando por completo tudo que de mal lhe ofereça.

No dia em que os governos se dispuserem a cuidar da instrução do povo, do seu preparo mental, no dia em que franquearem e facilitarem o estudo, exigindo que se estude, nesse dia terão dado um grande passo para a felicidade dos povos.

Não basta proteger o povo desta ou daquela maneira. É preciso instruí-lo, é preciso prepará-lo para que dê valor à vida, para que possa trabalhar desafogadamente, para que possa demonstrar suas habilidades, suas inclinações e vocações, pois só assim será útil a si próprio e à Nação.

Há muito que fazer, faltam homens de envergadura moral, homens de caráter bem formado, homens justos e que tenham a noção de honestidade, porque de exploração e mais exploração tem sido a vida da humanidade.

Portanto, todos aqueles que têm vontade forte e sabem querer precisam dar instrução aos filhos e prepará-los para o dia de amanhã, pois, só com a mentalidade devidamente preparada para a vida atual, conseguirão fazê-los vitoriosos. 

De "Cuidemos das crianças" para a página desta seção

Copyright©2005 racionalismo-cristao.org.br. All Rights Reserved